© 2012 Sérgio Costa

home   works   exhibitions   texts   In SITU Project   links   contacts   blog  

pesquisa por mapa   pesquisa por categoria   pesquisa aleatória   google earth*

O projecto de investigação In SITU tem como objectivo a análise do processo de percepção e interpretação da paisagem, entendida como conceito operativo, na construção crítica de uma imagem-mundo.
Com o objectivo de problematizar a paisagem enquanto paradigma cultural, perspectivámos uma abordagem do território da grande área metropolitana de Lisboa.
Tendo em vista a compilação da informação assim como a sua análise e confrontação, destacando a singularidade de cada caso de estudo, optámos por constituir uma base de dados onde se procede à catalografia de um conjunto de lugares localizados no território geográfico considerado.
Em termos metodológicos, a base de dados é estruturada segundo critérios: estético, funcional/ disfuncional, planeamento, valor de uso e significação. Os lugares inventariados são abrangidos, deste modo, por um sistema de classificação organizado em categorias e respectivas sub-categorias através de conceitos chave, caracterizadores da paisagem contemporânea: tecnologia, transporte, arquitectura, espaços verdes, lazer, indústria/comércio e militar.
Por sua vez, o registo de cada lugar corresponde a uma ficha de identificação individual, contendo os seguintes elementos: designação - a designação da funcionalidade e simultaneamente a toponímia associada ao lugar; localização - tópico que remete para o lugar cartografado; data - corresponde à data do levantamento do lugar, permitindo a fixação do tempo, assim como aferir da sua eventual mutabilidade; descrição - inclui uma breve nota histórica, sociológica ou cultural, assim como uma componente descritiva do lugar e/ou as relações com o espaço envolvente; número de arquivo - diz respeito à identificação do lugar através de fórmula alfa-numérica (associação das iniciais da categoria, com o ano do levantamento e o número do inventário ou registo); imagem - todos os registos estão associados a uma ou mais imagens do lugar, com origem nos levantamentos efectuados em suporte vídeo.

 

 

*Requisito para a abertura da pasta de ficheiros In_SITU.kml: programa Google Earth.